Os 7 maiores erros que cometemos da academia



Os 7 maiores erros que cometemos da academia

Saiba como evitar os deslizes mais comuns que atrapalham seus resultados no treino


É cada vez mais comum encontrar pessoas que reclamam por treinar regularmente e, mesmo assim, não alcançam os resultados esperados. Ou, pior, que acabam com alguma lesão proporcionada pela prática de atividades físicas, pausando o treino por um bom tempo.


Existem regras básicas que precisam ser seguidas nos treinos e que fazem toda a diferença para conquistar a forma dos seus sonhos, mas sem prejudicar a sua saúde.


Leia também: Hipertrofia: 5 dicas para "ficar monstro" com a musculação

 

Para ajudá-la nessa tarefa, a digital influencer Erika Alk, do projeto Bonita aos 40, lista sete atitudes proibidas na academia para quem quer alcançar seus objetivos sem colocar em risco o seu bem-estar:

 

1. Não deixe de aquecer

Muita gente chega na academia querendo partir logo para a musculação. Não querem “perder tempo” com a esteira e bicicleta e pensam, equivocadamente, que só querem ganhar massa e não emagrecer, portanto pulam os exercícios aeróbicos. Errado! Os exercícios aeróbicos lubrificam nossas articulações e facilitam os movimentos, além de preparar os músculos, tendões e ligamentos para o esforço maior. Fazendo o aquecimento você irá aproveitar melhor o treino, tendo mais força e evitando lesões.

 

2. Não dispense o alongamento pós-treino.

Mais um da categoria “não dá tempo”. O alongamento pode levar apenas cinco minutos e não é frescura. É importante fazer os movimentos de forma correta, devagar, sentindo todo o alongamento e relaxamento da musculatura. Isso diminui possíveis dores musculares no dia seguinte, e melhora sua flexibilidade com o tempo.


Leia também: Os benefícios do bike indoor para a saúde e boa forma

 

3. Não faça exercícios com excesso de carga

Não é nada saudável criar uma competição na academia para tentar levantar a mesma quantidade ou mais peso que seu colega. Se o seu condicionamento ainda não permite cargas pesadas, pegue leve e aumente gradativamente, sempre com a orientação de um profissional de educação física. É aos poucos que seus músculos ganham resistência! Além de não conseguir fazer o movimento corretamente por conta da carga pesada demais, você pode ter uma baita lesão muscular e articular.

 

4. Não exagere no treino

Se você é daqueles que, por conta própria, aumenta o número de repetições de uma série ou fica horas a fio na academia, saiba que essa prática coloca sua saúde em risco. Você deve seguir exatamente o treino proposto pelo seu professor. Algumas pessoas treinam mais do que deveriam e isso gera um cansaço intenso, fraqueza, lesões, dores no corpo e, consequentemente, a perda da motivação.

 

5. Não treine em jejum e hidrate-se

Malhar de barriga vazia traz vários problemas. Devido à falta de nutrientes, seu corpo entende que precisa “economizar” calorias e diminui o gasto calórico, além de proporcionar a perda da massa magra. Coma lanches leves até uma hora antes do treino. Durante a malhação, tenha sempre uma garrafinha com água ao seu lado, e reponha a água perdida no suor sempre que puder. A garrafinha é sua melhor amiga na hora do treino.

 

Leia também: Emagrecimento rápido causa flacidez e derruba a imunidade

 

6. Não pule o tempo de descanso

Entre cada série há um descanso, certo? E ele existe por um motivo: o corpo precisa de um tempo para recuperar as energias e as fibras musculares. Por isso, também, não é recomendado trabalhar os mesmos grupos musculares todos os dias. É através da recuperação muscular, que nossos músculos crescem e tomam forma.

 

7- Não faça os exercícios sem orientação

Por pressa, falta de conhecimento, preguiça ou desatenção, muitas pessoas erram a forma com que estão executando um exercício. O erro pode ser mínimo, um joelho que deveria estar levemente flexionado, as pernas afastadas, a coluna reta, até a respiração influencia nisso. Você não terá efeitos se fizer os exercícios do jeito errado e pode até se lesionar. Se tiver dúvidas, pergunte ao professor; se não consegue fazer um movimento corretamente, faça devagar e prestando muita atenção. Mesmo que você faça academia há 10 anos, nunca abra mão da orientação do profissional. Até porque, os estudos e técnicas evoluem e eles sempre terão uma dica essencial para te dar.

 

 

 

    • Parceiros de Conteúdo

 

logo ABQV p                             logo tricosalus                                  Dell Ambiente