3 dicas para viver melhor com a dieta mediterrânea



3 dicas para viver melhor com a dieta mediterrânea

A dieta mediterrânea tem sido apontada como a mais adequada para uma vida saudável. Entenda


A dieta mediterrânea não é nova, mas tornou-se cada vez mais popular nas últimas décadas e é simplesmente baseada nos hábitos alimentares típicos de pessoas da Grécia, sul da Itália e Espanha, onde a doença cardíaca é normalmente baixa.


Apesar de o termo ‘dieta’ assustar, essa modalidade incentiva o exercício físico, o consumo de vinho com a refeição e o ato social de comer, afinal, comer com quem se ama também ajuda a saúde do coração.Por isso a dieta mediterrânea é recomendada pela American Heart Association.


Leia também: 8 mitos e verdades sobre alimentação saudável desvendados


Brenda Duby, nutricionista americana explica este plano saudável para o coração. Veja as dicas da profissional baseada nessa dieta:


O que comer diariamente?

"A dieta mediterrânea é uma dieta baseada em vegetais.Então, a cada dia, você deve incluir frutas, nozes, legumes, cereais integrais e até mesmo azeite na sua alimentação”, diz.


Você também pode consumir um copo de vinho por dia.


Leia também: 3 passos para emagrecer e nunca mais engordar


O que comer semanalmente?

“Em uma base semanal, poderíamos acrescentar o atum ou queijo, iogurte ou ovos”. Ela explicaque a parte mais difícil é que a dieta mediterrânea só permite o consumo de carne algumas vezes por mês. Mas, diz ela, é tudo sobre a combinação destas três categorias de alimentos: os alimentos diários, semanais e mensais.


O que comer mensalmente?

A propósito, doces se enquadram na categoria mensal. Mas você pode preferir os naturais, adoçados com mel e à base de frutas.


* Com informações da KCBD e The Atlantic.

 

 

    • Parceiros de Conteúdo

 

logo ABQV p                             logo tricosalus