Cuide da pele por meio da alimentação



Cuide da pele por meio da alimentação

Comer bem ajuda a manter a hidratação e elasticidade da pele, além de sua boa aparência

 

Além de fortalecer o sistema imunológico e contribuir para o bom funcionamento do metabolismo, a dieta certa ainda é capaz de preservar a jovialidade da pele, unhas e cabelos, sendo mais eficaz, até mesmo, do que muitos cosméticos ou tratamentos de beleza, especialmente nessa época do ano, em que o frio tende a promover o ressecamento e enfraquecimento dessas áreas. Portanto, os cuidados devem ser redobrados, começando pela mesa.


 “Não existe fórmula secreta, para ter uma pele verdadeiramente saudável e bonita é preciso um bom trabalho de prevenção, cuidado e reparação, quando necessário”, afirma a nutricionista Luciana Guerreiro, da Nature Center.


Ela reitera a importância da saúde da pele, o maior órgão do corpo, além da estética.  “Um terço da circulação sanguínea do corpo vai para a pele e a nutrição é uma etapa fundamental para controlar o funcionamento metabólico do nosso organismo”.


Colágeno é fundamental

O colágeno, uma proteína naturalmente produzida pelo corpo, é o maior aliado para combater os efeitos nocivos que o tempo e as mudanças climáticas causam sobre a pele. Ela combate os traços de envelhecimento e mantém a pele firme e hidratada para suportar as baixas temperaturas. O corpo a sintetiza por meio da digestão de alimentos ricos na substância, que são transformados em aminoácidos e depois distribuídos ao organismo por meio da corrente sanguínea. “Cerca de 25% de toda proteína corporal é composta por ele, que é o maior responsável pela formação e manutenção das fibras de alta resistência que conferem elasticidade, flexibilidade e integridade aos músculos, ossos, ligamentos, tendões e pele”.


O colágeno também participa da formação de tecidos desde o feto e combate o enfraquecimento ósseo e muscular, o que ajuda a evitar doenças provenientes do desgaste físico como artrose, artrite, e fibromialgia, e ainda garante que o corpo funcione bem por dentro e fique bonito e saudável por fora.


Conheça as principais fontes de colágeno:

Um dos alimentos mais populares entre as fontes de colágeno é a carne vermelha, no entanto, a nutricionista explica que essa proteína consumida isoladamente não é capaz de oferecer a quantidade necessária para atender a demanda do nosso organismo, por isso, é preciso incluir na dieta outros alimentos como gelatina, geleia de mocotó, sementes de chia e linhaça, oleaginosas como as castanhas, aveia e verduras, que auxiliam na reposição e sintetização do nutriente. Para garantir a absorção do colágeno ainda é preciso aliar o consumo dessas fontes a alimentos ricos em vitamina C, como laranja, morango, mamão e kiwi.


Antioxidantes, grandes aliados

Os antioxidantes são nutrientes capazes de evitar a formação excessiva de radicais livres – substâncias que, em grande quantidade, oxidam e agridem nossas células e tecidos corporais – dessa forma seus efeitos nocivos, como o envelhecimento celular e, até mesmo, o favorecimento de doenças crônicas, são diminuídos consideravelmente. Uma alimentação rica em frutas, vegetais e grãos integrais, fornece uma boa quantidade de antioxidantes e contribui para o fortalecimento da defesa imunológica, além de reduzir os riscos de desenvolvimento de males e infecções. “Ingerir frutas e vegetais crus, em vez de cozidos, fornece maior concentração e melhor absorção de antioxidantes. Assim, os antioxidantes combatem o envelhecimento precoce e promovem a saúde do organismo e da pele, melhorando seu aspecto” – acrescenta Guerreiro.

Hidratação é fundamental

Para evitar o ressecamento da pele, além de ingerir muita água, sucos e chás, também vale apostar em alimentos que promovem maior hidratação para o organismo, como algumas frutas e vegetais, entre eles o agrião, abobrinha, alface, acerola, tomate e melancia. Luciana explica que, com exceção dos grãos e sementes – que só absorvem a substância após o cozimento – a maioria dos alimentos crus, em geral, possuem uma boa porcentagem de água.  “Vale ressaltar que mesmo consumindo esses ingredientes, ainda é necessário beber pelo menos 2 litros de água por dia, pois somente 10% da água necessária para suprir nossas recomendações diárias pode ser adquirida por eles” – explica a especialista.

 

 

 

 

    • Parceiros de Conteúdo

 

logo ABQV p                             logo tricosalus                                  Dell Ambiente