Cuide bem da sua pele tatuada



Mantenha as cores da sua tattoo sempre vivas com uma pele bem cuidada e saudável

 

Tatuagens carregam em si muito da nossa personalidade. Mas, podem ser frágeis caso os cuidados com a pele tatuada não aconteçam, afinal, tornam-se uma extensão da nossa própria pele. E para que isso aconteça é essencial saber algumas coisas.

“O sol realmente sempre será o inimigo número 1 da tatuagem. Ele queima os pigmentos mais claros, ofusca os mais escuros, dilata os traços do desenho feito na pele, principalmente quando exposto em excesso e repetidamente. Além disso, oxida os pigmentos que têm óxido de titânio, como o branco e marfim, e provoca relevos na pele, quando os traços são mais grossos e profundos”, explica o tatuador e empresário do estúdio Hell Tattoo, Giancarlo Pincelli.

Para evitar todos esses danos, não tem jeito: tem que usar bloqueadores solares regularmente. “Os produtos específicos, que prometem reavivar as cores da tatuagem não são efetivos. A melhor maneira de manter o desenho bonito é utilizando o bloqueador mesmo”, diz o especialista.

Outro erro muito comum, segundo o tatuador, é não seguir as recomendações feitas pelo profissional que fez a tatuagem, como usar uma pomada cicatrizante pelo tempo necessário, utilizar bloqueadores solares somente depois da cicatrização e hidratar.

A má alimentação também influencia no resultado final da tatuagem. Outra coisa importante a observar é a região tatuada. “Não aconselhamos fazer desenhos em regiões como dedos, laterais dos pés e mãos e também na palma. Essas áreas descamam constantemente, pois o atrito é muito forte. Isso faz com que o pigmento não se fixe totalmente na pele. Cerca de 90% das pessoas que tatuam essas regiões precisam depois fazer retoque ou não ficam satisfeitas com o resultado”, detalha o tatuador.

Ele explica que algumas tatuagens, especificamente, tendem a deixar a pele mais vulnerável. É o caso das tatuagens que necessitam de coberturas muito escuras, pois elas demandam maior concentração de pigmento para poder cobrir toda região, o que pode deixar a pele com pequenas alterações. “Para evitar isso, o recomendável é fazer um intervalo grande entre uma sessão e outra para que a pele possa descansar e recuperar a elasticidade”, diz.

Entre os principais cuidados a serem adotados para que a tatuagem siga bonita, viva e cheia de personalidade, estão:


- Contratar um tatuador de confiança que seja especialista no tipo de tatuagem escolhida;

- Ouvir atentamente o especialista, pois ele tem todo o conhecimento técnico sobre o pigmento que aplicou, os retoques e a fase de cicatrização;

- Não coçar, nem tirar casquinhas da tatuagem;

- Hidratar bem a região;

- Usar pomada cicatrizante, quando a tatuagem é recente;

- Seguir à risca a dieta recomendada, pelo menos por 1 semana, evitando carne de porco, alimentos gordurosos, peixes e frutos do mar;

- Não expor a tatuagem ao sol, durante os primeiros 30 dias. Depois disso criar o hábito de utilizar bloqueador solar de proteção máxima, fator 50, no mínimo;

- Ficar de olho em sinais, como vermelhidão, alterações na textura da pele, eritemas contínuos após 10 dias, coceira intensa no local, latejamento a temperatura elevada na área, após 1 semana do procedimento. Tais sintomas podem ser sinal de inflamação ou alguma reação alérgica ao pigmento.

 

 

 

 

    • Parceiro de Conteúdo

 

                logo ABQV p