Varizes: problema comum, mas nem por isso menos importante



Varizes: problema comum, mas nem por isso menos importante

Câimbras, sensação de cansaço e até coceiras podem ser sinais do seu corpo sobre elas


Aquela dor nas pernas após passar muito tempo em pé, sentada ou só respirando, dormência nas pernas e até coceiras podem indicar o aparecimento de varizes.


As varizes são veias dilatadas, alongadas e tortuosas, nas pernas e pés, causadas pelo o impedimento do retorno venoso do sangue ao coração. Algumas pessoas as encaram como um problema estético, porém elas são e devem ser tratadas como uma doença vascular.


Idosos, fumantes, mulheres que fazem uso de anticoncepcionais, sedentários, gestantes, obesos e pessoas com predisposição genética a doenças cardiovasculares, por conta da hereditariedade ou não, são os mais vulneráveis ao surgimento do problema. Outro fator que pode agravar a evolução da doença é permanecer por muito tempo na mesma posição.


Segundo Dr. KasuoMiyake, médico especialista em cirurgia vascular, “em um estágio mais avançado, elas (varizes) podem provocar pigmentação, descamação, coceira e feridas na pele”. O médico explica que a meia de compressão é a intervenção número um para o tratamento do problema. “Consegue-se até evitar uma cirurgia se o paciente tiver apenas queixa funcional e não estética. A meia vai diminuir o inchaço, cansaço e as dores ao final do dia”, afirma.


A prática de exercícios físicos também pode ser uma importante aliada para prevenir e tratar as varizes e vasinhos dilatados, pois ao movimentar-se, você exige mais da circulação, o que impede o entupimento das veias e vasos sanguíneos.


A alimentação também é uma aliada ou inimiga das varizes. Gorduras processadas, carnes e alimentos industrializados podem deixar o sangue mais viscoso. Aposte em alimentos naturais, gorduras "do bem", como óleos de canola, nozes e, é claro, beba bastante água.


Se as varizes já se instalaram, siga essas dicas e, sempre que possível, descanse com as pernas elevadas para estimular a circulação.


É de extrema importância que, ao perceber os indícios do surgimento da doença, a pessoa procure um médico vascular. Somente um especialista pode diagnosticar o estágio do problema e indicar o tratamento adequado, seja através de cirurgia ou com o uso das meias.

 

 

    • Parceiros de Conteúdo

 

                logo ABQV p                                Dell Ambiente