Câimbras: aprenda a evitar e aliviar a dor



em Saúde
Câimbras: aprenda a evitar e aliviar a dor

Quem treina tem mais suscetibilidade às câimbras, especialmente com as baixas temperaturas


Treinar é bom, mas tem nas câimbras um ônus considerável. Embora sejam democráticas quanto a idade e sexo, podem ser facilitadas pela atividade física intensa. Segundo o Dr. EduardoRauen, membro da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED), da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA) e da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), o excesso de atividades físicas sem o devido descanso muscular é a causa mais popular da dor, além da desidratação do músculo. Outras possíveis causas são a falta de magnésio e cálcio, além do uso de medicamentos como diuréticos, remédios anti-hipertensivos e contra colesterol.


Mas é possível prevenir as câimbras? De acordo com o médico, sim. Como formas de prevenção, o Dr. Rauen indica manter a hidratação em dia, descanso muscular regular e, em caso de pacientes que não praticam atividades físicas, fazer um alongamento antes de dormir.


Leia também: Elimine os hábitos que prejudicam sua saúde


E as bananas?


As populares bananas, que muitos consideram milagrosas para as dores, enquanto outros dizem ser ineficazes podem funcionar. "Uma das indicações é comer bananas, não pelo potássio, como é dito popularmente, pois a substância está ligada ao relaxamento muscular; mas pela glicose, que ajuda na nutrição dos músculos e, consequentemente, combate os episódios dolorosos", esclarece.

 

A hora da dor


No momento específico da dor, porém, alguns métodos são recomendados para aliviar um pouco o sofrimento. Não adianta apenas relaxar o músculo para interromper a contração, pois ela se caracteriza exatamente por ser involuntária. O ideal é fazer um alongamento no local com o movimento contrário ao da contração.


"É indicado, ainda, fazer uma compressa morna, de água quente, e uma massagem suave no local da contração, que contribui ao relaxamento do músculo. O principal é alongar o membro acometido" explica Dr. Eduardo.


Leia também: 7 dicas para comer bem no inverno e manter a boa forma

 

Outras causas


Ele ainda cita outras condições que podem aumentar o risco de se apresentar câimbras, como a gravidez, que força músculos até então não muito utilizados pela mulher, pacientes sob o tratamento de hemodiálise e condições externas como as baixas temperaturas, que podem aumentar a sua frequência.

 

 

 

    • Parceiro de Conteúdo

 

                logo ABQV p