9 dicas para cozinhar com as crianças



em Saúde
9 dicas para cozinhar com as crianças

Nutricionista e professora de culinária apresenta atividades na cozinha para toda a família

 

Para reunir a família durante as férias de julho, que tal preparar as refeições com a ajuda das crianças?

 

Lugar de criança é na cozinha, sim. E cozinhar em família pode ser uma atividade riquíssima para as férias escolares, segundo Julie Negrin, nutricionista e professora de culinária com foco em projetos educacionais para o público infantil.

 

Leia também: Nuggets saudáveis caseiros, assados e nutritivos para as crianças 

 

A especialista garante: toda aquela farinha no cabelo, as cascas de ovo espalhadas e aqueles bolinhos sem forma definida valem mesmo a pena. Uma criança de 8 anos já pode preparar refeições simples, como ovos mexidos, por exemplo.

 

Leia também: 4 dicas para preparar uma lancheira saudável

 

A iniciativa ajuda também a estimular a independência, a partir dos 10 anos já é possível auxiliar na preparação do jantar sem supervisão.

 

Veja as nove dicas listadas pela nutricionista para tornar a experiência na cozinha mais produtiva para adultos e crianças:

 

  1. Reserve uma área da cozinha para as crianças. Deixe que ocupem a mesa ou um outro local afastado de fontes de calor, mas de forma que os pequenos possam observar o preparo do jantar.
  2. Comece aos poucos. Dê às crianças pequenas tarefas tais como misturar ou lavar os legumes. Conforme a idade, as responsabilidades podem aumentar.
  3. Reserve um tempo para diferentes tarefas.
  4. Criem o cardápio juntos. Incentive os chefs mirins a folhear livros de receitas ou pesquisar em sites a receita do dia. Quanto maior o envolvimento das crianças com a cozinha, menor será a chance de recusarem novos pratos.
  5. Mantenha sempre à mão seus utensílios de limpeza. Envolver as crianças na limpeza será uma experiência mais agradável para todos, além de ser um hábito essencial para toda a vida.
  6. Convide um cozinheiro experiente para ajudar. Caso você seja um novato, este é o momento ideal para aprender junto com seus filhos. E se você tiver experiência na cozinha, terá uma ajuda extra.
  7. Matricule-se em cursos de cozinha para pais e filhos. Lá você encontrará dicas de cozinha, receitas para as crianças e, provavelmente, novos amigos para a família.
  8. Elogie. Suprir as necessidades de nossos familiares é uma necessidade tão básica que as crianças experimentam um sentimento imediato de orgulho e satisfação pessoal ao cozinhar, e sendo assim, nunca deixe de elogiar com entusiasmo seus esforços na realização dessa tarefa.
  9. Aceite o fato que nem todas as crianças se interessam em cozinhar. Ainda assim, essas crianças podem ajudar lavando os pratos, arrumando a mesa, dobrando os guardanapos, separando os pratos e talheres, tirando a mesa ou provando a comida para saber se está bem temperada. Boas receitas!

Leia mais: Distúrbio alimentar comum em crianças pode passar despercebido

 

 

    • Parceiro de Conteúdo

 

                logo ABQV p