Entenda o comportamento do cérebro ao fazer dieta



por Renata Menegatti
em Saúde
Entenda o comportamento do cérebro ao fazer dieta

Especialista diz que apenas 1% das pessoas que fazem dieta conseguem conservar seu novo peso


A doutora em neurociências e mestre em psicologia experimental, Claudia Feitosa-Santana, fala como o cérebro se comporta quando uma pessoa faz dieta e dá dicas de como estabelecer uma alimentação saudável.


Leia também: Compulsão e transtorno alimentar agudo: entenda a diferença


A doutora diz que ao fazer uma dieta, a pessoa aumenta as chances de se tornar obeso um dia. "Depende da forma com que o nosso cérebro funciona. Toda vez que você começa a fazer uma dieta, seu cérebro não vai entender que você quer perder peso. Ele vai achar que você está passando fome e vai acionar o estado de emergência buscando todos os meios possíveis para você não resistir à tentação ou vai começar a consumir muito menos calorias dos alimentos ingeridos", explica. Segundo ela, o cérebro não esquece seu peso anterior e não sossega até que você volte a este peso. Apenas 1% das pessoas que fazem dieta vão conservar o seu novo peso.


Leia também: É possível emagrecer em poucos dias?


Claudia fala que dieta gera estresse e ansiedade, e ambos dificultam a tarefa de quem quer perder peso identificar o que é fome e o que é gula, lembrando que é fundamental o autocontrole nesse momento. É importante tirar o foco da comida e se dedicar a atividade física e meditação, para a partir disso, estabelecer uma alimentação saudável.


"Se você não quer sucumbir a um pacote de Oreo ou a um pote de Nutella, a primeira coisa que se deve fazer é não fazer dieta", diz.

 

Fonte: Canal Casa do Saber

 

 

    • Parceiro de Conteúdo

 

                logo ABQV p