7 dicas da cultura japonesa para a sua dieta



por Renata Menegatti
em Saúde
7 dicas da cultura japonesa para a sua dieta

Os japoneses vivem mais e tem um dos menores IMCs do mundo, entenda como

 

O Japão é famoso por prezar pelo bem estar, qualidade de vida e alimentos saudáveis. A longevidade do povo é alvo de estudos e de conclusões como a de que isso se deve ao seu modo de viver.

 

Saiba como você pode usar um pouco dessa cultura para incrementar a sua dieta e ter uma alimentação mais saudável, que pode culminar em emagrecimento.

 

1. Regra dos 80%

Hara hachi bunme ou comer até que você esteja 80% cheia é um preceito comum tanto no budismo quanto no confucionismo. Como resultado, o Japão tem um dos mais baixos IMCs (índice de massa corporal) no mundo desenvolvido. O IMC elevado está ligado a doenças como diabetes tipo 2 e doenças coronarianas. A regra de 80% também é uma maneira fácil de contar calorias sem negar-se seus alimentos favoritos.

 

2. Aposte nos fermentados

A culinária japonesa é cheia de ingredientes fermentados, desde pasta de miso e molho de soja até shio koji e pepino ao estilo japonês. Eles podem ajudar a adicionar aminoácidos extra e vitaminas para os alimentos. Muitas pessoas optam por desfrutar de alimentos fermentados como uma forma de adicionar boas bactérias à sua dieta. Miso e leite fermentado são bons exemplos de alimentos repletos de benefícios para a sua saúde.

 

3. Umami nelas!

Aumentar o sabor umami em sua comida pode ajudar a reduzir a quantidade de sal e gordura que você usaria normalmente. Isso porque o umami pode desencadear as mesmas partes do cérebro que respondem ao açúcar e gordura, mas com menos calorias. Exemplos desses alimentos são cenoura, tomate, peixes, tofu e milho.

 

4. Coma um pouco de tudo

A ênfase em pequenos pratos com ingredientes variados da culinária japonesa pode ajudar a introduzir diferentes vitaminas e minerais à sua dieta de uma forma saborosa. Sabe a regra do prato colorido e variado? Pois eles levam isso a sério.

 

5. Encha-se de fibras

Coma mais alimentos ricos em fibras, que aumentam a saciedade e limpam o organismo. Um exemplo de como os japoneses fazem isso, é adcionando macarrão konnyaku ao arroz, sopas ou saladas, para satisfazer mais, mas com quase nenhuma caloria extra. Esse macarrão é rico em fibras e conhecido no Japão como uma "vassoura para o estômago", como resultado. Não tem um gosto próprio, mas vai absorver o sabor de sopas e guisados em que é adicionado. Se não quiser usar essa iguaria, acrescente linhaça ou vegetais aos seus pratos.

 

6. Faça lanches saudáveis

O Japão é uma terra de lanches deliciosos, mas eles não são bombas de calorias. Apoie seus hábitos alimentares saudáveis com lanches inteligentes como barras de proteína, gelatinas de frutas e sementes. 

 

7. Tome Matcha

Este chá verde super saboroso, feito de folhas inteiras de chá verde é naturalmente menor em cafeína e pode ser uma grande solução para quem procura uma alternativa mais saudável para refrigerantes, ele pode ser consumido quente ou frio. Eisai, o monge budista zen que introduziu o chá no Japão, afirmou: "O chá é o mais avançado remédio e tem a capacidade de tornar a vida mais completa".

 

 

    • Parceiro de Conteúdo

 

                logo ABQV p