8 alimentos que parecem vilões da dieta, mas não são



em Saúde
8 alimentos que parecem vilões da dieta, mas não são

Alguns mitos da alimentação podem criar paranoias sobre certos alimentos. Vamos desconstruí-las?

 

Quem tenta emagrecer ou viver de maneira mais saudável sabe que existem alguns “dogmas” pregados por quem quer vender livros ou dietas da moda. Mas nem tudo pode ser verdade. Conheça alguns alimentos que parecem vilões da dieta, mas não são.

  1. Comidas gordurosas

Por que é falso: embora tenha sentido intuitivo, este mito não é suportado pela pesquisa científica, incluindo um grande estudo de mais de 135 mil pessoas em 18 países, publicado em 29 de agosto no jornal The Lancet. Ao longo do estudo, cerca de 6.000 pessoas morreram; Cerca de 5.000 sofreram ataques cardíacos ou derrubaram doenças cardíacas. Mas surpreendentemente, aqueles com o maior risco de ambos os resultados não eram as pessoas que comiam dietas com alto teor de gordura - mas sim aqueles que comeram dietas ricas em carboidratos.


Em outras palavras, dietas com alto teor de gordura em si não parecem estar ligadas à morte ou doença cardíaca - por outro lado, dietas com alto teor de carboidratos sim. A conclusão dos pesquisadores? "As diretrizes dietéticas globais devem ser reconsideradas à luz desses achados", eles escreveram em seu estudo.

  1. Glúten

O mito: o vilão da vez tornou-se proibido entre a galera fitness. Mas será que a intolerância ao glúten está ficando mais comum? Não.


Por que é falso:
apenas cerca de 1% das pessoas em todo o mundo têm doença celíaca, o raro transtorno genético que torna as pessoas intolerantes ao glúten, de acordo com a Fundação Celíaca. Para a maioria do resto de nós, este ingrediente é simplesmente delicioso!

  1. Cafeína

O mito: a cafeína retarda o crescimento e prejudica sua saúde.


Por que é falso: de acordo com a Clínica Mayo, o adulto médio pode com segurança consumir até 400 mg de cafeína diariamente. A maioria dos copos de café padrão contém entre 90 e 120 mg. Então, se você se limitar a menos de quatro xícaras por dia, deve estar relativamente segura.

  1. Água com gás

O mito: muitas pessoas se preocupam com o fato de as bolhas causarem pedras nos rins, drenar o cálcio dos seus ossos e até eliminar o esmalte dos dentes.


Por que é falso:
água com gás é tão benéfica quanto água comum. A água com gás nada mais é que água normal com dióxido de carbono dissolvido, criando ácido carbônico. Esse processo apenas adiciona bolhas - não adiciona açúcar, calorias ou cafeína. Já a água tônica é outro tipo de água gaseificada, que adiciona sódio, vitaminas ou edulcorantes, por isso é importante ler o rótulo.

  1. Adoçantes artificiais

O mito: os edulcorantes artificiais podem causar câncer.


Por que é falso: a Food and Drug Administration avaliou centenas de estudos sobre sucralose, aspartame, sacarina e muito mais. Até agora, considerou-os seguros. Dito isto, algumas pesquisas preliminares sugerem que os edulcorantes artificiais podem não satisfazer seu desejo de doces e, portanto, não podem ser eficazes para reduzir a ingestão geral de açúcar.

  1. Alimentos geneticamente modificados

O mito: organismos geneticamente modificados causam câncer e estragos no meio ambiente.


Por que é falso:
as culturas de OGM, que existem desde a década de 1980, foram estudadas extensivamente, e um relatório recente das Academias Nacionais de Ciências, Engenharia e Medicina descobriu que elas não representam um risco maior para o meio ambiente do que culturas regulares. Também não foi encontrada nenhuma evidência de que são menos seguros para comer do que os alimentos convencionais. Mas, atenção, transgênicos são diferentes.

  1. Sal

O mito: o sal provoca problemas cardíacos e ganho de peso.


Por que é falso:
a ciência sobre se comer sal com moderação tem um efeito negativo na nossa saúde é algo pouco claro. No entanto, uma meta-análise de 2011 de sete estudos envolvendo mais de 6.000 pessoas publicado no American JournalofHypertension não encontrou nenhuma evidência forte de que reduzir o sal diminuiu o risco de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral ou morte - mesmo naqueles que apresentaram pressão arterial elevada.

  1. Todos os carboidratos

O mito: os carboidratos - incluindo arroz, pão, cereais e batatas - contribuem para ganhar peso.


Por que é falso:
embora seja uma boa idéia limitar sua ingestão de carboidratos processados como pão branco, arroz branco e macarrão branco, nem todos os carboidratos são ruins para você. Alguns são saudáveis e uma ótima fonte de energia. Como batatas, por exemplo. As batatas são realmente muito boas para você, contêm potássio e vitamina C, e quase 4 gramas de fibra - apenas cozinhe-as com as cascas.

 

 

 

 

    • Parceiro de Conteúdo

 

                logo ABQV p