Viagra feminino: como funciona o medicamento?



em Saúde
Viagra feminino: como funciona o medicamento?

Lançamento revoluciona não apenas pelo efeito clínico, mas por abrir a discussão no meio científico sobre o desejo sexual feminino, ainda um tabu


Uma novidade agitou o mundo científico nas últimas semanas: o lançamento do Flibanserin, comercializado sob o nome de Addyi, ou Viagra feminino, medicamento que promete devolver às mulheres que sofrem com a falta de desejo sexual, a libido.


A pílula atua diretamente sobre o sistema nervoso central das mulheres, diferentemente da versão masculina, que apenas aumenta o fluxo sanguíneo na região genital.
A Food and Drug Administration (FDA) alerta que o medicamento pode causar danos à saúde, especialmente para quem tem problemas no fígado, ou se tomada com outros medicamentos, tais como alguns tipos de esteroides. A combinação com álcool também pode ser letal, segundo Leonore Tiefer, professora da Escola de Medicina da Universidade de Nova York. O álcool é o mais sério de todos os riscos, porque a droga afeta o sistema nervoso central e tem um efeito sedativo, algumas pessoas desmaiaram mesmo sem tomar álcool. Mas o álcool parece piorar esse problema, de acordo com a especialista.


Mas há também otimismo sobre a novidade. Para Leah Millheiser, da Universidade de Stanford, a aprovação desse medicamento abre a porta para o desenvolvimento de outros produtos, para outras opções de tratamento, além de abrir a discussão entre a mulher e o clínico sobre seu desejo sexual dela, infelizmente ainda um tabu em pleno século 21.


* Com informações da BBC.

 

 

    • Parceiro de Conteúdo

 

                logo ABQV p