Conheça 7 repelentes naturais surpreendentes



em Saúde
Conheça 7 repelentes naturais surpreendentes

O verão sempre traz consigo habitués desagradáveis: pernilongos, borrachudos, toda a sorte de mosquitos e ele, o mais temido, o Aedes Egypti, responsável pela dengue, pela febre chikunguya e pelo zika vírus, que causou uma epidemia de bebês com microcefalia no país.


Apesar de hoje o mercado contar com diversos tipos de repelentes, gestantes, bebês, crianças e pessoas com hipersensbilidade a produtos artificiais, como quem passa pelo tratamento quimioterápico, podem ter reações adversas com o uso de produtos quimicamente manipulados.


Para ajudar a esse público, que precisa de proteção, mas requer opções naturais, sem aditivos ou quaisquer produtos tóxicos, fizemos uma lista com alguns repelentes fáceis de encontrar e muito eficientes.


1. Picão preto

Sabe aquela florzinha preta que gruda na sua roupa quando você passa por um caminho de mato? Essa planta é o picão preto, muito comum em quaisquer terrenos com um pouco de vegetação, que funciona como um poderoso repelente. Basta macerar as folhas, flores e caule com um pouco de água (apenas o suficiente para liquefazer a seiva) e passar pelo corpo. Em ambientes externos, é possível queimar a planta também, a fumaça mantém afastados os mosquitos. Além de tudo, a planta tem efeito antinflamatório.

 

2. Esterco de vaca seco

Parece nojento, mas é um repelente eficaz para ambientes externos, já que os dejetos da vaca secos são uma espécie de mistura de capim seco. O cheiro não é de fezes, mas de capim queimado e pode ser uma opção para quem está em regiões rurais e esquece o repelente.

 

3. Alho

Aqueça um pouco de azeite com alguns dentes de alho esmagados. Em seguida, deixe descansar por 24 horas, adicione um copo de água e suco de limão, misture e coe. Coloque a mistura em um frasco de spray. Funciona também contra vampiros.

 

4. Óleo de coco

O óleo de coco pode ser um poderoso repelente se misturado a plantas como alecrim e hortelã, além de ser suave para a pele e deixar um cheirinho agradável.

 

5. Erva do gato

Uma pesquisa da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, concluiu que o óleo essencial encontrado no Catnip, usado em brinquedinhos para gatos, é cerca de 10 vezes mais eficaz que um repelente tradicional.

 

6. Óleo de soja

Funciona também como uma barreira física contra os mosquitos, além de hidratar a pele. Uma pesquisa publicada no Jornal de Medicina da Inglaterra também sugeriu que o óleo pode retardar o crescimento de pelos.

 

7. Lavanda ou alfazema

O óleo essencial dessa flor, além de extremamente perfumado, ajuda a manter afastados os mosquitos da pele e dos ambientes. Borrifar a seiva de alfazema comprada em farmácias pode ser uma opção de emergência.

 

 

    • Parceiros de Conteúdo

 

                logo ABQV p                                Dell Ambiente