Conheça os perigos da overdose de cafeína



em Saúde
Conheça os perigos da overdose de cafeína

Você é viciado em café? Cuidado, isso pode ser extremamente prejudicial para a sua saúde


Essa substância - presente em refrigerantes, energéticos, medicamentos, chocolates e no nosso querido café - tomada em doses muito altas pode levar a complicações da saúde ou até à morte. O médico Sergio Cortes explica que a cafeína é boa, sim, mas em quantidades adequadas, que seriam medidas entre 75 mg e 400 mg ao dia. Quando se excede esses valores, isso pode acarretar coisas simples como uma insônia até complicações graves como problemas cardiovasculares.


Com efeitos revigorantes, a cafeína é muito utilizada por pessoas que necessitam de uma "energia extra". Esse efeito é causado pelo motivo de a cafeína ocasionar a liberação de um hormônio (dentre outras substância) conhecido como adrenalina.


Além dos efeitos revitalizantes, essa substância aumenta a capacidade mental e sensorial e proporciona um certo bem-estar. Ao exagerar, uma pessoa pode ter uma intoxicação que é seriamente considerada se a pessoa estiver com pelo menos cinco dos seguintes sintomas: inquietação, nervosismo, excitação, insônia, ruborização facial, diurese, alterações gastrointestinais, abalos musculares, perturbação da fala ou do pensamento, aceleração cardíaca, períodos de perda da sensação de cansaço, agitação psicomotora.


É claro que cada organismo reage de uma forma diferente. Existem pessoas que podem ingerir até 600 mg e mesmo assim não sentem nada. Por isso é de extrema importância ficar atento aos sintomas causados pelo excesso da cafeína.


Algo que é importante citar é a distinção entre repositores energéticos e bebidas energéticas. Este tem uma composição baseada em cafeína e aquele tem como base os carboidratos (açúcares). Um exemplo de overdose de cafeína foi o caso do jovem britânico, Michael Lee Bedford, de apenas 23 anos que morreu após consumir enormes quantidades de pó de cafeína. A quantidade foi equivalente a 70 latas de energético. No entanto, morrer de cafeína ingerindo somente café seria algo muito complicado, explica Sergio Cortes. Uma dose fatal de cafeína seria algo próximo de 10 gramas, o que corresponde a mais ou menos 5 litros de café.


Mesmo sabendo que um indivíduo adulto pode ingerir com segurança umas 4 ou 5 xícaras de café em um dia, o alerta vai mesmo para as mulheres grávidas, que não devem exceder os 200 mg (cerca de 2 xícaras) por aumentar o risco de aborto. Vale ressaltar que cafeína em quantidade muito elevada pode interferir na absorção e no metabolismo do cálcio. E isso pode elevar as chances de ocorrer desbaste (osteoporose) do osso.


Ainda que a overdose de cafeína seja algo passível de morte, a maioria das pessoas sente somente alguns sintomas desagradáveis até que a substância saia do corpo. O tratamento se dá com a extração da cafeína que pode ser por meio de carvão ativado e também no processo de ingestão de água. Portanto, nada melhor que o bom senso para aproveitar o lado positivo da cafeína e afastar os perigos do excesso, conclui Sergio Cortes.

 

 

    • Parceiros de Conteúdo

 

                logo ABQV p                                Dell Ambiente